Reflorestamento e meio ambiente

Conte com os profissionais de planejamento para os projetos de reflorestamento e para o licenciamento ambiental

Em um cotidiano cada vez mais impactado pela necessidade de sustentabilidade, √© fundamental buscar novas alternativas para o cuidado com a natureza. Entre esses aspectos, est√° o reflorestamento. A a√ß√£o √© realizada de maneira diversa e mediante condi√ß√Ķes espec√≠ficas. Desse modo, consegue garantir os melhores resultados para o ecossistema, al√©m de estar relacionada √† atua√ß√£o de alguns empreendimentos.
O procedimento envolve um cuidado ambiental que tem o objetivo de repor esp√©cies nativas em um determinado ecossistema. A inten√ß√£o √© replantar √°rvores que comp√Ķem um espa√ßo e que, por qualquer motivo, tenham sido retiradas.
O procedimento pode ser exigido por diversas situa√ß√Ķes, como queimadas, inc√™ndios naturais ou a√ß√Ķes da natureza. Do ponto de vista da interfer√™ncia humana, atitudes que motivam essa abordagem incluem o desmatamento de √°reas para a expans√£o agropecu√°ria, a explora√ß√£o madeireira, a constru√ß√£o de estruturas e assim por diante.
A etapa também compreende o plantio de espécies em pontos específicos para que haja o uso de matérias-primas, sem comprometer a natureza.

Por que o reflorestamento é importante?
O processo de reflorestamento é vantajoso e indispensável em muitos casos. Em primeiro lugar, é determinante para recuperar áreas degradadas, desmatadas ou impactadas por uma atividade. Em outros casos, o reflorestamento é feito de maneira comercial. A empresa tem a chance de obter matéria-prima de forma responsável e sustentável. Principalmente, o processo é de grande ajuda para o planeta e para a reposição de ecossistemas. Então, os empreendimentos que contratam o serviço têm a chance de explorar essa expansão na responsabilidade socioambiental. Além disso, é um jeito de melhorar a qualidade do ar e até de ajudar os lençóis freáticos. Em ambientes inclinados, como as encostas, evita deslizamentos, acidentes e a erosão.

Como o reflorestamento deve ser feito?
Para realmente oferecer os resultados desejados, o reflorestamento tem que ser realizado por um engenheiro agr√īnomo especializado em projetos de planejamento agropecu√°rio, de maneira profissional e mediante certas caracter√≠sticas. N√£o basta apenas plantar algumas √°rvores, j√° que cada ecossistema tem as suas exig√™ncias. O melhor √© contratar uma empresa, que far√° uma boa an√°lise da √°rea e das necessidades da empresa. Com esses dados, √© poss√≠vel selecionar as esp√©cies nativas indicadas e que prometem trazer os melhores resultados. Na sequ√™ncia, ocorre a prepara√ß√£o do solo e o plantio das √°rvores. A partir desse momento, s√£o designados cuidados espec√≠ficos, os quais auxiliam na conquista de √™xito com a t√©cnica. O reflorestamento √© um processo importante para que √°reas sejam recuperadas. Feito da maneira correta, traz muitos benef√≠cios, desde o atendimento de obriga√ß√Ķes legais at√© a melhoria do cuidado com o planeta. A atua√ß√£o de especialistas no assunto n√£o apenas ajuda a garantir o sucesso da iniciativa, como impede que ocorram preju√≠zos causados por altera√ß√Ķes bruscas de sistemas.

A import√Ęncia das matas ciliares
As matas ciliares compreendem a vegetação que se localiza em áreas situadas nas proximidades de cursos dágua, tais como rios, lagos, olhos dágua e reservas hídricas em geral. Tal nomenclatura relaciona-se à analogia que se faz entre a função das matas para os rios e a função dos cílios para os nossos olhos: proteção.

Portanto, podemos rapidamente deduzir que as matas ciliares s√£o importantes por representarem uma prote√ß√£o natural dos cursos d√°gua. Tal processo ocorre quando essas matas, atrav√©s de suas ra√≠zes, seguram o solo das margens dos rios, evitando casos de eros√£o fluvial, em que as √°guas desgastam as bordas que as comprimem e provocam abalos na estrutura superficial. Outra forma de atua√ß√£o das matas ciliares √© na ‚Äúfiltragem‚ÄĚ do ambiente ao redor dos rios, evitando ou diminuindo a presen√ßa de sedimentos trazidos com a √°gua das chuvas e da polui√ß√£o em forma de res√≠duos t√≥xicos e lixo, contribuindo, assim, para conservar as redes de drenagem.

A remo√ß√£o das matas ciliares costuma acontecer, principalmente, para a pecu√°ria, uma vez que as √°reas √ļmidas ao redor dos cursos d√°gua favorecem a pastagem em tempos de seca. Al√©m disso, a agricultura tamb√©m √© uma atividade respons√°vel pela destrui√ß√£o desse tipo de vegeta√ß√£o, aumentando o assoreamento dos rios que, em alguns casos, tornam-se extintos. H√° que se estabelecer, todavia, a diferen√ßa entre a mata ciliar e a mata de galeria. Muitas pessoas confundem esses dois termos, pois ambos se referem √†s vegeta√ß√Ķes situadas pr√≥ximas a cursos d√°gua. A principal diferen√ßa √© que, nas matas ciliares, a copa das √°rvores (parte mais alta das esp√©cies) n√£o se encontra entre uma margem e a outra, o que ocorre com a mata galeria, que recebe esse nome justamente por formar uma galeria sobre os rios.

As matas ciliares e de galeria s√£o √°reas de necess√°ria conserva√ß√£o e s√£o protegidas pela legisla√ß√£o, sendo categorizadas como APAs (√Āreas de Prote√ß√£o Permanente). Por esse motivo, os limites dessa vegeta√ß√£o precisam ser respeitados, tanto para a conserva√ß√£o dos rios quanto do ambiente natural que os envolve.